Home / Notícias / Alunos da E.E. Antonio Joaquim de Carvalho plantam mudas em ação da Biologia da Uniara, em parceria com a prefeitura

Alunos da E.E. Antonio Joaquim de Carvalho plantam mudas em ação da Biologia da Uniara, em parceria com a prefeitura

Iniciativa foi realizada na manhã desta quarta-feira, dia 21, na praça Pedro de Toledo

Alunos da Escola Estadual Antonio Joaquim de Carvalho realizaram o plantio de mudas de quaresmeiras na manhã desta quarta-feira, dia 21 de setembro, na praça Pedro de Toledo. A ação, que celebra o “Dia da Árvore”, foi promovida pelo curso de Biologia da Universidade de Araraquara – Uniara, em parceria com a Prefeitura Municipal.
A iniciativa surgiu a partir do Trabalho de Conclusão de Curso – TCC da aluna do quarto ano da graduação, Aline Aparecida Jenipe, orientada pela coordenadora do curso, Teresa Kazuko Muraoka. “Pensamos nesse projeto para fazermos um ‘gancho’ com o ‘Diagnóstico sobre arborização urbana’, que também é desenvolvido em parceria com a prefeitura. Sabemos que há vários bairros com falta de árvores e, andando pela rua, encontramos diversas árvores velhas, principalmente nos bairros mais antigos, como no Centro. Se a cidade é arborizada, os resultados são o conforto térmico, o abafamento do barulho, a purificação do ar e outros benefícios, além de deixá-la mais bonita”, explica Teresa.
Ela lembra que não adianta plantar se a população não ajuda a cuidar. “Assim, achamos interessante trabalhar com as crianças, que estão na melhor fase de aprendizado. Pretendemos continuar com esse projeto com as escolas que, futuramente, possam nos acolher”, diz a docente.
A professora e coordenadora da Escola, Cássia Roberta Alves Vieira, conta que, em 2015, foi desenvolvido um projeto de reciclagem com o curso de Biologia da Uniara e que, a partir disso, Aline os procurou com a proposta do plantio. “Diversos professores viram, gostaram e aprovaram e, assim, fizemos a parceria”, explica.
O diretor da Escola, Ricardo Azzem, salienta que “é muito importante que as crianças, desde cedo, já participem de iniciativas assim e transmitam essa experiência para outras pessoas, e que isso passe de geração para geração”.