Home / Notícias / Araraquara deve usar recurso de emenda parlamentar ao Turismo

Araraquara deve usar recurso de emenda parlamentar ao Turismo

Deputado federal Vanderlei Macris destina R$ 250 mil para implantação de pontos de informações turísticas no município

O publicitário Théo Bratfisch com o deputado federal Vanderlei Macris que destinou recurso para o desenvolvimento do Turismo em Araraquara

O deputado federal Vanderlei Macris (PSDB) fez indicação de emenda parlamentar para destinação de recurso ao desenvolvimento do Turismo em Araraquara no valor de R$ 250 mil, porém, até o momento a utilização desse recurso não foi justificado pela Prefeitura, para que seja utilizado na implantação de pontos de informações turísticas no município e em melhorias, que inclui o distrito rural de Bueno de Andrada, como importante ponto atrativo turístico em Araraquara.

As chamadas emendas parlamentares foram idealizadas para funcionar como instrumento para a melhoria das condições de vida em cidades com orçamento reduzido e permite que deputados e senadores decidam diretamente o destino de parte dos recursos da União como forma de equalizar a aplicação do dinheiro público. No entanto, para que essas verbas seja aplicadas, os municípios, após conseguirem a promessa da verba, devem apresentar projetos, considerando que repasses de recursos somente são realizados se os municípios contemplados estiverem com suas contas regularizadas.

Recentemente, o publicitário Théo Bratfisch apresentou aos vereadores na Câmara Municipal de Araraquara, sua proposta com contrapartidas a ser encaminhada ao executivo através do legislativo, para que Bueno de Andrada se torne um Ponto Turístico Regional Paulista à nível nacional e internacional relacionado como equipamento turístico do Estado de São Paulo, onde a revitalização de área municipal com duas casas centenárias abandonadas, se torne um equipamento turístico para funcionar como CIT – Centro de Informações Turísticas Regional com a implantação do primeiro museu regional do homem do campo e no meio rural – Museu da Roça. A proposta de revitalização, prevê que a comunidade, organizada em formato de pessoa jurídica, se responsabilize pela manutenção e preservação dos imóveis abandonados, em regime de cessão, onde a transferência da responsabilidade de manutenção isentaria quaisquer custos aos cofres públicos municipais, através de gestão autossustentável e moderna, como equipamento e ponto turístico regional paulista. A área de responsabilidade municipal fica localizada em área rural a cerca de 1.500m da vila do Distrito e as duas casas necessitam de um projeto para reforma dos telhados, pintura, energia elétrica, água e serviço de jardinagem, entre outras necessidades básicas. Parte do recurso financeiro advindo do Estado a partir do credenciamento de Araraquara como Município de Interesse Turístico, também deverão ser investidos em melhorias e divulgação do equipamento turístico. A proposta apresentada pelo publicitário foi bastante elogiada e tem apoio dos vereadores, sem objeção.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *