Home / Gastronomia / Araraquara não tem Conselho Municipal de Turismo

Araraquara não tem Conselho Municipal de Turismo

Nova placa de sinalização turística para o distrito rural de Bueno de Andrada provoca debate sobre critérios para uso do conceito de turismo gastronômico em Araraquara

 Cidades receberão verbas do Turismo somente se tiverem COMTUR funcionando como recomendado

 O COMTUR, dada a sua característica de Conselho Municipal de Turismo, é uma instância de planejamento participativo nas gestões locais, sendo constituído como um fórum deliberativo no tema turismo. A missão do COMTUR é consolidar parcerias e proporcionar, através de suas ações, o envolvimento e o comprometimento dos mais variados setores socioeconômicos do município no fomento da atividade turística, coordenando, incentivando e promovendo o Turismo, além de propor à administração municipal e à sociedade civil, medidas de difusão e amparo ao Turismo em colaboração com órgãos e entidades oficiais especializadas. Promove a articulação de toda a sociedade através de campanhas que propiciem a transformação de cada cidadão em agente da imagem turística e defensor do patrimônio cultural e ambiental, estimulando atividades culturais e turísticas no município, de modo que a atividade turística possa ser capitalizada com base na sustentabilidade.

 O primeiro passo para a formação do COMTUR é a convocação da comunidade para participar da plenária de constituição do Conselho. Nesta plenária, haverá uma palestra proferida por um consultor do Programa de Turismo, a fim de esclarecer o processo de formação do mesmo. Nessa primeira reunião, são identificados os segmentos do município e criados grupos para definir a indicação de um membro titular e um suplente para pleitear a vaga no COMTUR e os representantes indicados são apresentados ao Prefeito Municipal, que em outra plenária dará posse aos membros do Conselho Municipal de Turismo, que basicamente se constitui de um Presidente e Secretário Executivo, a serem nomeados pelos demais membros do Conselho, devidamente empossados.

 Para o jornalista Jarbas Favoretto, renomado presidente da AMITur – Associação Brasileira dos Municípios de Interesse Cultural e Turístico, constituir um COMTUR, trata-se de uma questão de bom senso, de boa visão, de inteligência e de boa administração.

Em 2013 dois pratos araraquarenses foram premiados no maior concurso gastronômico estadual e publicados no guia Rota Gastronômica da Secretaria de Turismo do Estado de São Paulo, dentre os que melhor representam a culinária caipira, caiçara e serrana do Estado de São Paulo. O prato típico do Festival Delícias do Milho, Trem de Milho, de autoria do publicitário Théo Bratfisch e o prato Barriga de Porco à Pururuca do arquiteto e chef João Paulo Papandré Lemos, destacam Araraquara dentre os melhores roteiros de gastronomia do país. Uma nova placa turística para o distrito rural de Bueno de Andrada está provocando debate nas redes sociais pelo fato de não existir critério turístico definido para o uso da denominação “Terra da gastronomia” no município e Bueno de Andrada estaria sendo denominado sem registro oficial como a “Terra da Coxinha”; onde acontecem anualmente os festivais cultural-gastronômicos, Festival Delícias do Milho e o Festival do Pastel & Caldo de Cana, inseridos por meio de leis no Calendário de Eventos do Município e no Calendário Turístico do Estado de São Paulo, como também, está no Calendário de Exposições Agropecuárias e Festas Agrícolas da secretaria estadual de Agricultura e Abastecimento. Ambos os eventos são de iniciativa privada e juntos atraem em média 90 mil visitantes e turistas à localidade rural em apenas dois fins de semana por ano. Entidades e profissionais ligados ao setor de turismo reclamam não terem acesso na coordenadoria municipal de turismo, considerada muito distante do trade local e sem acuidade na tomada de decisões que deveriam ser debatidas junto ao setor turístico com a participação de especialistas do ramo em Conselho Municipal de Turismo.

 A Lei n° 5.823 do ano 2.002 sobre a criação do CONTUR Municipal de Araraquara está obsoleta e inoperante. Já o Projeto de Lei n° 032/12, cria a nova categoria denominada “Municípios de Interesse Turístico”, para que passem a receber verbas do Turismo, com anuência do governador Geraldo Alckmin.

 Contatos: Sinhores – Sindicato dos Hotéis, Bares e Similares de Araraquara e região (entidade criada em 1971): (16) 3322-3312

Jarbas Favoretto (AMITur): (11) 3758-0142 ou amitur.sp@uol.com.br

Foto cedida por Rogério Tampellini.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *