Home / Notícias / Câmara concede título de Cidadão Araraquarense a Marco Aurélio Bortolin

Câmara concede título de Cidadão Araraquarense a Marco Aurélio Bortolin

Solenidade foi realizada na noite de sexta-feira (8/4) no plenário do Legislativo

A Câmara Municipal de Araraquara entregou o título de Cidadão Araraquarense ao juiz Marco Aurélio Bortolin na noite de sexta-feira (8/4) no plenário da Câmara. A indicação da homenagem é do vereador licenciado Aluisio Braz, o Boi (PMDB), atual secretário municipal de Governo, de Comunicação e de Esportes e Lazer.
O presidente da Câmara Elias Chediek (PMDB) conduziu a sessão. A mesa principal contou ainda com a presença do homenageado e da esposa Patrícia Zanin Bortolin, do autor da indicação (Boi), do Prefeito Marcelo Barbieri, do juiz Heitor Luiz Ferreira do Amparo, diretor do Fórum de Araraquara, e do desembargador do Tribunal de Justiça de SP, Carlos Alberto Violante.
Aluisio Braz enalteceu a dedicação do juiz Marco Aurélio na área da Justiça. “Com grande senso de justiça, harmonia, equilíbrio e humildade o juiz Marco Aurélio fortalece os poderes constitucionais. É um orgulho para a Câmara homenageá-lo com o título de Cidadão Araraquarense”, disse o vereador licenciado.
Chediek destacou o prestígio do juiz Marco Aurélio junto aos profissionais da justiça. “Bortolin é respeitado na sociedade araraquarense pelo trabalho e seriedade na condução de suas atribuições”, disse o presidente do Legislativo.

“O juiz Marco Aurélio se destaca pela liderança, comprometimento, sensibilidade, conteúdo de suas decisões sempre fundamentadas nos direitos humanos e com a proteção social às crianças, aos jovens e aos idosos. Estamos gratos pelo seu incansável trabalho junto a nossa sociedade”, enfatizou o prefeito Marcelo.
Ao lado da esposa Patricia Zanin Bortolin, Marco Aurélio Bortolin agradeceu às autoridades pela honraria e relembrou que foi bem recebido em Araraquara quando estudante de Direito. “Moro mais tempo em Araraquara do que morei na minha terra natal. Sonhei e consegui ter saúde, profissão, esposa e um casal de filhos. Trabalho muito com adoção e, por ironia do destino, fui adotado em Araraquara. Eu me sinto realizado e quero ter meus netos aqui”, concluiu o homenageado.
Durante a solenidade foi exibido um vídeo com vários depoimentos ao mais novo cidadão araraquarense. Também participaram da sessão os vereadores William Affonso (PDT), José Carlos Porsani (PSDB), Gerson da Farmácia (PMDB), Geani Trevisóli (Democratas), Jair Martineli (PMDB), Rodrigo Buchechinha (SD), Roberval Fraiz (PMDB) e Farmacêutico Jeferson Yashuda (PSDB), os secretários municipais Delorges Mano (Administração e Jurídico), Roberto Pereira (Fazenda) e Arary Ferreira (Educação) e representantes da magistratura, os juízes José Roberto Liberal, Hélio Ravagnani, Adriana Albano, Glauce Helena, João Baptista Galhardo Júnior, Mário Magno; os promotores de Justiça Herivelto de Almeida e Noemi Corrêa prestigiaram o homenageado.

Homenageado

Filho de Ernesto Celso Bortolin e Yolanda Inácio Bortolin, Marco Aurélio Bortolin nasceu em São Paulo em 1971. Concluiu o primeiro grau em 1985 e o segundo grau em 1988. Em 1989 foi em busca de seu objetivo: ser juiz. Prestou o vestibular e se classificou na primeira chamada. Cursou Direto na Unesp, Universidade Estadual Paulista, Faculdade de História, Direito e Serviço Social em Franca.
Enquanto estudava também trabalhava no Banco do Brasil no setor operacional, atuando como estagiário em Franca. Em 1993 foi diplomado com habilitação em Magistratura, Ministério Público e Procuradoria do Estado. Fez estágio profissional de advocacia supervisionado pela OAB, de 1991 a 1993. Fez também curso de preparação à carreira de juiz, prestado perante a Escola Paulista de Magistratura em 1995. Fez ainda o curso de iniciação funcional da Escola Paulista de Magistratura em 1996 e especialização em Direito Civil e Direito Processual Civil INPG.
Bortolin é docente nas cadeiras de Direito Civil/Ambiental e Direito da Criança e do Adolescente. De 97 a 99 ministrou aulas na Unip de Araçatuba e hoje passa os seus conhecimentos para os alunos do Centro Universitário de Araraquara – Uniara. Bortolin é casado com Patrícia Zanin Bombardi Bortolin e pai de Luís Felipe e Amanda.
São vários cargos ocupados durante sua carreira profissional: 1º Juiz substituto da 15ª Circunscrição Judiciária de Catanduva; 1º Juiz substituto da 42ª Circunscrição Judiciária de Jaboticabal; Juiz de Direito titular da Comarca de Junqueirópolis; Juiz de Direito titular da 3ª vara da Comarca de Birigui; Juiz de Direito titular da 2ª Vara da Comarca de Taquaritinga; 1º Juiz auxiliar das Varas da Infância de Araraquara; Juiz titular da Vara da Infância e da Juventude e do Idoso da Comarca de Araraquara; Juiz presidente do colégio recursal de Araraquara; Juiz colaborador da Coordenadoria da Infância e da Juventude do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo; Juiz membro da comissão interna da Coordenadoria da Infância e Juventude do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo que estuda a situação do adolescente em conflito com a lei em regime de internação da Fundação Casa; Juiz Eleitoral da 13ª Zona Eleitoral de Araraquara, biênio 2012/2014.

Veja Também

Alunos de Odontologia da Uniara promovem confraternização com seus pacientes para marcar fim dos atendimentos do ano

Evento foi realizado nesta quinta-feira, dia 30 de novembro, na unidade IV da universidade Os …

Damiano Neto recebe o Título de Cidadão Araraquarense

Vice-prefeito foi homenageado pela Câmara Municipal em solenidade realizada na sexta-feira (24) Em uma Sessão …

Uniara expõe presépio com 330 peças

Abertura solene foi realizada na quinta, dia 30 de novembro, e contou com a apresentação …