Home / Notícias / Câmara concede título de Cidadão Araraquarense a Miro Quatrochi

Câmara concede título de Cidadão Araraquarense a Miro Quatrochi

Solenidade foi realizada na noite de sexta-feira (29/4) no Palacete das Rosas

 

O empresário Miro Quatrochi recebeu o título de Cidadão Araraquarense da Câmara Municipal na noite de sexta-feira, 29 de abril, no Palacete das Rosas. O presidente da Câmara Elias Chediek (PMDB) conduziu os trabalhos da mesa principal, que contou ainda com as presenças do homenageado, do autor da indicação, vereador Pastor Raimundo Bezerra (PRB) e do prefeito Marcelo Barbieri, acompanhado de sua mulher Zi Barbieri, presidente do Fundo Social de Solidariedade.

Um vídeo-homenagem emocionou a todos, com depoimentos de familiares no Brasil e na Itália. Em seguida, autoridades presentes se pronunciaram sobre Quatrochi.

“Sua história faz parte da história de Araraquara. Seu estabelecimento comercial inaugurado na década de 1940 se tornou um símbolo do que é o trabalho em família. O saudoso patriarca, o seu Carmelo, de onde estiver agora, está muito orgulhoso da família que formou, e hoje em especial de você Miro, um homem de bem, assim como ele sonhou”, comentou Chediek.

Raimundo lembrou-se de seu próprio pai, comparando-o à fisionomia de Miro. Barbieri destacou a figura de Rachel, mulher do homenageado, como fundamental na vida de “Mirinho” e recordou o dia em que encontrou o casal por acaso na Itália.

Prestigiaram o evento parentes e amigos de Miro Quatrochi. O vídeo completo da solenidade pode ser visto na programação da TV Câmara, no Canal 17 da NET digital e no site da Câmara (http://www.camara-arq.sp.gov.br/site).

 

O homenageado

Oldemiro Quatrochi, o Miro, é filho do imigrante italiano, Carmelo Quatrochi, que chegou ao Brasil em 1902 e de Maria Giriberto Quatrochi. Nasceu em 26 de abril de 1929 em Ibitinga. Tem dois irmãos: Jaime e Ana.

A família mudou-se para São Carlos em busca de melhores condições de trabalho e de educação para os filhos. Em janeiro de 1946, eles se estabeleceram em Araraquara.

O primeiro mercadinho da família foi montado na rua 9 de julho entre as avenidas Bandeirantes e Prudente de Moraes, ao lado da bicicletaria Salerno. Oldemiro sempre trabalhou com o pai, desde a infância. Aprendeu tudo o que precisava seguindo os passos daquele que foi seu herói, o seo Carmelo, e assumiu integralmente os negócios em 1967.

Miro casou-se em 1958 com Rachel. Deste casamento nasceram Ana Maia, Marcos, José Eduardo, Elizabeth e a linhagem continuou com os netos – Hugo, Bruno, Bianca, Fábio e Enzo.

Seu saudoso pai ganhou nome de rua em 1996, em uma homenagem feita pela Câmara Municipal e Prefeitura para lembrar a vitória do imigrante italiano nessa terra. Os netos o homenagearam com o nome de um restaurante: O Nono Carmelo.

Em 2007 foi à Itália conhecer a cidade e a casa em que seu pai nasceu e foi agraciado com o título de cidadão benemérito de Filadélfia, Calábria, oferecido pela Prefeitura local e o título de carabinieri honorário de Filadelfia por ser filho de imigrante que voltava para conhecer suas origens.