Home / Notícias / Com produção de 14 mil pães por mês, Padaria Solidária beneficiará 32 instituições de Araraquara

Com produção de 14 mil pães por mês, Padaria Solidária beneficiará 32 instituições de Araraquara

Com aroma de pãozinho caseiro, nesta quinta-feira, dia 21, foi inaugurada a Padaria Solidária, “Maria Piedade da Silva Nigro”, dentro do Banco de Alimentos de Araraquara. A iniciativa beneficiará 32 instituições do município, participantes do Programa Fome Zero, distribuindo 14 mil pães por mês.
De acordo com o secretário municipal de agricultura, Fernando César Guzzi, os estabelecimentos atendidos já recebiam produtos de hortifrúti e leite de soja, pelo Programa de Alimentos. Os pãezinhos serão fabricados na Padaria Solidária e, em seguida, entregues congelados, para serem assados nos locais contemplados.
Para o preparo desses alimentos, a nova instituição recebe doações de trigo e utiliza 30% de farelo da soja. Assim, o produto fica mais nutritivo, como explica a técnica em nutrição, Maria Inês Bicolomini Delphino, responsável pela padaria. A receita aprovada pelo engenheiro de alimentos, José Tiago de Castro Neto, não é apenas vantajosa pelo seu caráter nutricional, ela também possui baixo custo financeiro. A obra é resultado de um convênio entre o Ministério de Desenvolvimento Social e Combate à Fome e a Prefeitura de Araraquara.
O Banco de Alimentos precisou ser ampliado para a construção da padaria. No total, foram 60 metros de expansão. O gasto foi de R$ 331 mil, divididos igualmente entre o município e o Governo Federal, como destaca o secretário de obras e serviços públicos, Valter Rozatto.   O evento também contou com o prefeito Marcelo Barbieri (PMDB) e a família da homenageada Maria Piedade da Silva Nigro. Ela nasceu no dia 28 de março de 1927, em Coimbra-Portugal. Veio para o Brasil aos 10 anos de idade acompanhada dos pais.
Casou-se com o industrial Francisco Humberto Nigro e teve 4 filhos. Maria faleceu há 10 anos, mas dedicou sua vida aos mais necessitados, através de projetos de caridade.