Home / Notícias / Homenagem ao Dia Internacional da Mulher Negra, Latino-Americana e Caribenha

Homenagem ao Dia Internacional da Mulher Negra, Latino-Americana e Caribenha

A data é um marco internacional da luta e resistência da mulher negra contra a opressão de gênero, o racismo e a exploração de classe

O Dia Internacional da Mulher Negra Latino Americana e Caribenha, comemorado em 25 de julho, é mais do que uma data comemorativa; é um marco internacional da luta e resistência da mulher negra contra a opressão de gênero, o racismo e a exploração de classe. Foi instituído, em 1992, no I Encontro de Mulheres Afro-Latino-Americanas e Afro-caribenhas, para dar visibilidade e reconhecimento a presença e a luta das mulheres negras nesse continente.

A data nos coloca a importância de fortalecer laços com a América Latina e Caribe, de reconstruir estas relações com as cidades latinas, por uma rede de solidariedade e constituição de acordos e políticas internacionais.

Em Araraquara, o evento foi realizado em 29 de julho no Palacete das Rosas e acontece há três anos desde 2014 com promoção do Centro Municipal de Referência Afro, concedendo prêmio simbólico para personalidades femininas e tem por objetivo reconhecer o trabalho dessas mulheres negras que lutam arduamente por visibilidade e respeito. A premiação 2016 leva o nome da dra. Rita de Cássia Correa Ferreira, natural de Marília, falecida em 6 de junho de 2016 aos 50 anos de idade era militante do movimento negro e advogada na cidade de Araraquara.

Na foto, a jornalista Valesca Mendonça acompanhada da sua família como uma das mulheres negras homenageadas foi prestigiada pelo amigo e publicitário Théo Bratfisch.