Home / Notícias / Médicos são homenageados na Câmara – Araraquara

Médicos são homenageados na Câmara – Araraquara

Wamberto Olivi recebe diploma de Honra ao Mérito; Inês de Barros ganha o título de Cidadã Araraquarense

Os médicos Wamberto Antônio Olivi e Inês Haruko Chinen de Barros foram homenageados pela Câmara Municipal de Araraquara na noite de quinta-feira, 29 de outubro, no plenário do Palacete “Carlos Alberto Manço”, sede do Poder Legislativo. Ele ganhou o título de Honra ao Mérito e ela o de Cidadã Araraquarense. O presidente da Câmara, vereador Elias Chediek (PMDB), comandou a sessão. As indicações foram do vereador Dr. Helder (PT). O secretário da Saúde Carlos Fernando Camargo representou o prefeito Marcelo Barbieri na ocasião. O deputado estadual Roberto Massafera também prestigiou o evento. Amigos e parentes dos homenageados lotaram o plenário durante a cerimônia

Wamberto  Antônio Olivi

Filho de Alfredo Olivi e Orlanda, Wamberto Antônio Olivi nasceu no final do ano de 1938 em Araraquara. É irmão de Willian e Tereza. Estudou no Florestano Libuti, no Colégio São Bento e Colégio Duque de Caxias. Em 1963 foi para a Universidade do Estado da Guanabara – Faculdade de Ciências Médicas e após 5 anos se formou médico Gastroenterologista.
Dr. Wamberto casou-se com Maria Lígia, com quem tem três filhos: Maria Laura, Maria Lígia, Luiz Alfredo e quatro netos. Foi médico no hospital de Ipanema, efetivo da Santa Casa de Araraquara, Diretor Clínico do Hospital São Paulo, do pronto socorro municipal, médico da AFE, funcionário do INPS por 37 anos, e um dos fundadores da Unimed em Araraquara, entre outras atividades. Trouxe a endoscopia para Araraquara e fez a primeira cirurgia por vídeo, uma colecistectomia.Inês Haruko Chinen de Barros nasceu em janeiro de 1954 em São Paulo, Capital, mas três meses depois mudou-se para Araraquara, onde seus avós maternos já viviam desde 1922 – foi uma das primeiras famílias japonesas a virem para Araraquara.

Inês Haruko Chinen de Barros

Inês é filha de Masca e Seishun Chinen e tem 4 irmãos: Kazue, Nancy, Jorge e Mônica. Começou sua vida estudantil na Escola Pedro José Neto, onde cursou o primário. O ginásio e colegial fez no Instituto Bento de Abreu. Para realizar seu sonho foi para Ribeirão Preto, onde em 1972 ingressou na Faculdade de Medicina da USP. Formada, se especializou e anestesiologia. Em janeiro de 1980 voltou a Araraquara e foi a primeira médica a integrar o serviço de anestesiologia de Araraquara, o SAARA. No ano de 1981 ganhou o título superior de anestesiologia pela Sociedade Brasileira de Anestesiologia. Casou-se com Sérgio Bela Cruz de Barros, médico pneumologista e teve três filhos: Felipe, casado com Aline; Carolina, casada com Murilo; e Fernando. É avó de Rafael. Foi laureada pela Associação Paulista de Medicina de Araraquara com o certificado de honra ao mérito. Ainda hoje, 35 anos depois de formada, continua frequentando congressos e fazendo cursos para acompanhar os avanços da medicina para prestar um melhor atendimento aos pacientes.

porLuís Augusto Zakaib

[flagallery gid=117]