Home / Notícias / Pontes caídas no assentamento Monte Alegre prejudicam acessibilidade e negócios dos pequenos agricultores

Pontes caídas no assentamento Monte Alegre prejudicam acessibilidade e negócios dos pequenos agricultores

Com pontes desbarrancadas há mais de um ano, a falta de acessibilidade é um problema sério na vida dos pequenos produtores rurais do assentamento Monte Alegre, pertencente aos municípios de Araraquara, Motuca e Matão. A atual situação dificulta o escoamento do plantio, a parceria com empresas, principalmente, na criação de frango e o transporte escolar das crianças. Buscando solucionar essa crise, o vereador Édio Lopes (PT) se reuniu com o prefeito de Motuca, Ricardo Fascineli (PT), na última terça-feira (17).

“Farei uma reunião com os moradores do assentamento e utilizarei o maquinário da prefeitura para resolver de forma emergencial o problema da acessibilidade com apoio da comunidade. Eles estão dispostos a colocar a mão na massa para reconstruir as pontes, mesmo que provisoriamente com toras de madeira”, afirmou o prefeito. 

O vereador também se disponibilizou a ajudar na obra de caráter emergencial. “A região está em estado de calamidade. Os pequenos produtores rurais não conseguem trabalhar e as crianças correm risco ao passar pela única ponte que restou e está prestes a desabar, por isso todos precisam colaborar”, destacou.

Com o objetivo de conseguir uma solução definitiva para o problema, Édio Lopes levará o caso para o Instituto de Terras do Estado de São Paulo (ITESP), órgão responsável pelo assentamento, no dia 19 em São Paulo.

Na mesma data, o vereador também se encontrará com o deputado estadual Luís Fernando Teixeira e agendará uma audiência pública para solicitar verbas de emendas parlamentares destinadas a obras de infraestrutura do local, como a reconstrução das pontes e da represa.