Home / Notícias / Professor da Uniara ministra palestra sobre células-tronco para a reconstrução de cartilagem articular, nos Estados Unidos

Professor da Uniara ministra palestra sobre células-tronco para a reconstrução de cartilagem articular, nos Estados Unidos

Nivaldo Antonio Parizotto também ministrou workshop voltado à fotobiomodulação em fisioterapia

O professor do Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia em Medicina Regenerativa e Química Medicinal – PPGB-MRQM da Universidade de Araraquara – Uniara, Nivaldo Antonio Parizotto, foi convidado para ministrar uma palestra na conferência anual da North American Association of PhotobiomoduLation Therapy – NAALT. O evento foi realizado entre os dias 4 e 6 de fevereiro, na Califórnia, nos Estados Unidos.

Ele conta que, no período pré-conferência, ministrou o workshop com o tema “Photobiomodulation in Physical Therapy”, sobre fotobiomodulação em fisioterapia, juntamente com seu ex-aluno de doutorado, Cleber Ferraresi. “A fotobiomodulação é uma terminologia atualizada para o uso de luz para tratamentos de diferentes enfermidades que possam acometer um indivíduo, ou para melhorar a performance no esporte, por exemplo”, explica o docente, detalhando que a atividade teve quatro horas de duração e contou com a presença de pessoas de várias partes do mundo. “Foi muito produtivo, tanto que já fomos convidados para o próximo evento, no ano que vem”, revela.

Já na conferência, Parizotto foi o responsável pela palestra “Effect of 808nm Low-level laser Therapy on chondrocyte”, sobre células-tronco para a reconstrução de cartilagem. “Avaliamos o crescimento desse tipo de célula para sua transformação na cartilagem articular. É um problema crônico muito sério, que ocorre em todo o mundo. A população está tendo maior tempo de vida, ou seja, há mais pessoas idosas e, consequentemente, mais problemas em relação à cartilagem articular”, alerta o professor.

O estudo está em andamento, porém, ele aponta, como resultado parcial, que as células-tronco, para cartilagem, crescem melhor se forem estimuladas com fotobiomodulação, “ou seja, com fototerapia, e isso viabiliza um número maior de células-tronco”. “A ideia é retirar, por exemplo, células da gordura de um indivíduo que, a priori, não serviriam para nada, mas podem conter células-tronco, que são extremamente importantes para serem transformadas em outros tipos de células, e permitir a reconstrução e melhoria das condições de um novo tecido”, destaca.

Como exemplo, o docente menciona que, em relação à cartilagem danificada, “transformar células-tronco em condrócitos, que são células que fazem cartilagem, significa que você terá a possibilidade de ter uma cartilagem melhorada”. “Isso, para o futuro, é fundamental, devido ao citado envelhecimento da população, e resolve alguns problemas crônicos de uma boa parte da população mundial”, diz.

Os experimentos têm sido realizados em ratos, mas a ideia, segundo Parizotto, é tratar de pessoas. “A intenção é aperfeiçoar os métodos para fazer com que isso se transforme, de fato, em algo que possa ser utilizável pelo ser humano”, afirma.

Participar como convidado da conferência da NAALT, em sua opinião, foi um importante reconhecimento internacional. “É uma pesquisa feita por nós, cientistas brasileiros. Os estudos têm sido publicados em revistas de impacto, ou seja, as pessoas leem os nossos trabalhos, entendem o que fazemos e reconhecem que toda essa produtividade acadêmica tem um peso muito importante”, finaliza.

Informações sobre o PPGB-MRQM da Uniara podem ser obtidas no endereço www.uniara.com.br ou pelo telefone 0800 55 65 88.