Home / Cultura / Professor do CDMF é homenageado no 60º Congresso de Cerâmica

Professor do CDMF é homenageado no 60º Congresso de Cerâmica

????????????????????????????????????

Reginaldo Muccillo atuou como editor principal na Revista Cerâmica durante mais de 19 anos

O professor vinculado ao Centro de Desenvolvimento de Materiais Funcionais (CDMF), Reginaldo Muccillo, recebeu uma homenagem durante o 60º Congersso Brasileiro de Cerâmica.

Muccillo atuou como editor principal na Revista Cerâmica durante mais de 19 anos. Pesquisador do Centro de Ciência e Tecnologia de Materiais do Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (IPEN), Muccillo possui graduação, mestrado e doutorado em Física pela Universidade de São Paulo (USP).

O pesquisador realizou estágios de pesquisa no exterior durante o doutorado, no National Research Council em Ottawa (Canadá), e no pós-doutorado, no Max Planck Institut fuer Festkoerperforschung em Stuttgart (Alemanha) e no Institut National Politechnique de Grenoble (França). Foi (co) coordenador de sete edições do Simpósio Brasileiro de Eletrocerâmica, do VII Encontro da Sociedade Brasileira de Pesquisa em Materiais (2008) e da 6th International Conference on Electroceramics (ICE 2013). É editor principal da revista Cerâmica, órgão oficial da Associação Brasileira de Cerâmica (ABCeram), há 15 anos. É bolsista de produtividade em pesquisa do CNPq – nível 1A.

O evento

O 60º Congresso Brasileiro de Cerâmica, realizado em Águas de Lindóia (SP) contou com 325 participantes, vindos de 21 estados do Brasil, além de representantes da Espanha, Eslovênia, EUA, Itália e Portugal.

Os participantes tiveram à sua disposição uma extensa gama de temas, apresentados em diversas sessões sob a forma de 289 Trabalhos Técnico-Científicos (38 orais e 251 pôsteres), 11 Palestras, 06 Plenárias e 03 Painéis. Além da realização de uma Oficina de Decoração. Paralelamente ao Congresso foi promovida uma feira, que contou com a participação de 06 empresas expositoras.

Sobre o CDMF

O CDMF é um dos Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPID) apoiados pela FAPESP. O Centro também recebe investimento do CNPq, a partir do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia dos Materiais em Nanotecnologia (INCTMN), integrando uma rede de pesquisa entre Universidade Estadual Paulista (UNESP), Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), Universidade de São Paulo (USP) e Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (Ipen).